sexta-feira, 30 de abril de 2010

Sobre a popularidade do Kiss




"Comprei o disco só pela capa."
Essa foi a expressão de Joe Elliott do Def Leppard sobre "Destroyer" do Kiss.
E, de 1976 para cá, a banda criou status de ícone pop mais importante do mundo.

O próprio Gene Simmons, considerado pelos fãs como um ícone da banda, não deixou de ressaltar a popularidade do Kiss em entrevista recente ao jornal inglês Daily Telegraph:
"Não podemos mensurar a dimensão que o negócio se tornou."

Desde seu início, houve um ataque em massa de diversos produtos com a marca Kiss na sociedade norte americana e consequentemente, estendeu-se por todo o planeta nas últimas três décadas.

"Não há quadrinhos do U2, não há figurinhas do Mick Jagger", acrescenta o vocalista, citando as publicações em quadrinhos que, reza a lenda: teriam sidos misturados sangue dos membros da banda às tintas utilizadas nas impressões.
"Nós temos nosso próprio cartão de crédito, além de vinhos, chocolates, refrigerantes e, pasmem: até um caixão com a marca Kiss", ressalta o bem humorado Simmons.

A banda segue na ativa, e nas palavras de Paul Stanley:
"A coisa mais importante para nós é subir no palco e compartilhar toda aquela eletricidade com o público"


Fonte: Dimery, Robert "1001 discos para ouvir antes de morrer", ed. Sextante e

quinta-feira, 29 de abril de 2010

O absurdo da existência humana




Sou existencialista por inteiro
Imerso num mundo
Que não posso compreender
Interpretando um roteiro
De alienação e desespero
Tolerando absurdos



Mediando insultos
De uma juventude opressiva
Ilógica, injusta e contestadora
Quem se engana?
Aniquiladores de normas e regras
Alienadores da vontade humana



O Sermão da Montanha numa versão para Educadores





Naquele tempo, Jesus subiu a um monte seguido pela multidão e, sentado sobre uma grande pedra, deixou que os seus discípulos e seguidores se aproximassem.
Ele os preparava para serem os educadores capazes de transmitir a lição da Boa Nova a todos os homens.
Tomando a palavra, disse-lhes:
- Em verdade, em verdade vos digo:
Felizes os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.
Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
Felizes os misericordiosos, porque eles...
Pedro o interrompeu:
- Mestre, vamos ter que saber isso de cor?
André disse:
- É pra copiar no caderno?
Filipe lamentou-se:
- Esqueci meu papiro!
Bartolomeu quis saber:
- Vai cair na prova?
João levantou a mão:
- Posso ir ao banheiro?
Judas Iscariotes resmungou:
- O que é que a gente vai ganhar com isso?
Judas Tadeu defendeu-se:
- Foi o outro Judas que perguntou!
Tomé questionou:
- Tem uma fórmula pra provar que isso tá certo?
Tiago Maior indagou:
- Vai valer nota?
Tiago Menor reclamou:
- Não ouvi nada, com esse grandão na minha frente.
Simão Zelote gritou, nervoso:
- Mas porque é que não dá logo a resposta e pronto!?
Mateus queixou-se:
- Eu não entendi nada, ninguém entendeu nada!
Um dos fariseus, que nunca tinha estado diante de uma multidão nem ensinado nada
a ninguém, tomou a palavra e dirigiu-se a Jesus, dizendo:
- Isso que o senhor está fazendo é uma aula?
Onde está o seu plano de curso e a
avaliação diagnóstica? Quais são os objetivos gerais e específicos?
Quais são as suas estratégias para recuperação dos conhecimentos prévios?
Caifás emendou:
- Fez uma programação que inclua os temas transversais e atividades integradoras com outras disciplinas?
E os espaços para incluir os parâmetros curriculares gerais?
Elaborou os conteúdos conceituais, processuais e atitudinais?
Pilatos, sentado lá no fundão, disse a Jesus:
- Quero ver as avaliações da primeira, segunda e terceira etapas e reservo-me o direito de, ao final, aumentar as notas dos seus discípulos para que se cumpram as promessas do Imperador de um ensino de qualidade.
Nem pensar em números e estatísticas que coloquem em dúvida a eficácia do nosso projeto.
- E vê lá se não vai reprovar alguém!
Lembre-se que você ainda não é professor titular...
Jesus deu um suspiro profundo, pensou em ir à Sinagoga e pedir aposentadoria
proporcional aos trinta e três anos.
Mas, tendo em vista o fator previdenciário e a regra dos 95, desistiu.
Pensou em pegar um empréstimo consignado com Zaqueu, voltar pra Nazaré e montar
uma padaria...
Olhou de novo a multidão.
Eram como ovelhas sem pastor... Seu coração de educador se enterneceu e Ele continuou:
-Felizes vocês, se forem desrespeitados e perseguidos, se disserem mentiras
contra vocês por causa da Educação.
Fiquem alegres e contentes, porque será grande a recompensa no céu.
Do mesmo modo perseguiram outros educadores que vieram antes de vocês.
Tomé, sempre resmungão, reclamou:
- Mas só no céu, Senhor?
- Tem razão, Tomé - disse Jesus - há quem queira transformar minhas palavras em
conformismo e alienação...
- Eu lhes digo, NÃO!
Não se acomodem.
Não fiquem esperando, de braços cruzados, uma recompensa do além.
É preciso construir o paraíso aqui e agora, para merecer o que vem depois...
E Jesus concluiu:
- Vocês, meus queridos educadores, são o sal da terra e a luz do mundo...

Texto do professor Eduardo Machado no Programa Rádio Vivo da Rádio Itatiaia de Belo Horizonte em 15/10/2009.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Aprimoramento da reflexão



“O homem biológico transforma-se em social por meio de um processo de internalização de atividades, comportamentos e signos culturalmente desenvolvidos”



O maior desafio na área educacional, é tentar estabelecer uma proposta pedagógica única, baseada numa idéia de escolha da melhor teoria, principalmente nos confrontos entre as teorias de Vygotsky e Piaget.


Todavia, estes autores nos trazem apenas uma contribuição didático-pedagógica.


Cabe, aos educadores compreender o melhor possível cada abordagem para que haja um real aprimoramento da reflexão sobre o objeto a ser estudado.


terça-feira, 27 de abril de 2010

Breve relato sobre a dor




A sensação de dor dá-nos uma importante informação sobre o que ocorre em nosso organismo.
É ela quem nos avisa, por exemplo, sobre os processos lesivos e inflamatórios e estimula as reações apropriadas à remoção dos agentes patológicos.
Há diversas causas que estimulam os efeitos da dor:

  • Isquemia
  • Fluxo sanguíneo insuficiente
  • Calor ou frio intenso
  • Irritações químicas e
  • Queima dos tecidos cutâneos, alem de
  • Trauma dos tecidos e dos ossos, entre outras.

Sabe-se que, enquanto o organismo sofre determinada lesão, ele tem a capacidade de liberar uma substância denominada bradicinina, que estimula às celulas nervosas a propagar a dor.
Quem percebe a avalia a dor é nosso cérebro. Sendo que, o estímulo externo atua sobre os receptadores da dor que a enviam ao cérebro e tem-se o retorno sensorial de: "sentir a dor na sua plena intensidade".

O homem, tenta através dos tempos, neutralizar essa sensação nervosa criando os analgésicos, cada vez mais potentes e eficazes.
Existem determinadas substâncias que, quando introduzidas em nosso corpo, impedem a transmissão do impulso elétrico pelas células nervosas, agindo desta forma, como bloqueadores da dor.
São os chamados anestésicos.
A anestesia torna-se, portanto, uma privação total ou parcial da sensibilidade corpórea.


Fonte:
O Corpo Humano, editora Rideel
Larousse Cultural

Asma e exercícios físicos




A asma não é uma barreira para a conquista de um bom desempenho nas práticas esportivas.

Seus sintomas comuns, relacionados aos exercícios físicos, são: cansaço, dificuldade para respirar, chiado no peito e tosse.


Alguns atletas sentem-se cansados durante a atividade física, porém os casos mais frequentes acontecem depois do término da sessão de exercícios físicos de intensidade moderada e intensa.

Mesmo assim, não é necessário ficar parado e apenas tratar as crises com medicação.

Muitas crianças e adultos asmáticos apresentam um baixo nível de condicionamento físico, não devido à asma, mas sim ao sedentarismo. Nesses casos, a participação em programas de treinamento esportivo é recomendada.


As adaptações fisiológicas que o ocorrem com o treinamento ajudam a melhorar a tolerância aeróbia e a diminuir a resposta asmática em diferentes intensidades de exercícios. Como existem tratamentos eficazes para asma, não se deve proibir crianças nem adultos asmáticos de se exercitarem com frequência.

Sabe-se que, é grande o número de atletas de alto rendimento e ganhadores de medalhas olímpicas que sofrem de asma.

A natação é recomendada aos asmáticos, pois foi comprovado que o alto nível de umidade no ambiente próximo a água evita que ocorra a perda de calor e água das vias respiratórias, limitando a instalação da crise asmática induzida pelo exercício.

Além disso, exercitar-se em um ambiente quente é úmido é melhor que exercitar-se em um ambiente frio e seco.


Existem vários medicamentos, sob prescrição médica que são inalados de 15’ a 20’ minutos antes do exercício e que previnem a crise de asma induzida pelo exercício. A duração do efeito gira em torno de quatro a seis horas.

Também existem medicamentos de duração mais longa para atletas que se exercitam repetidamente durante o dia.


A asma é mais comum nas crianças atletas que em adultos.

Estudos efetuados pelo Dr. Rodríguez Santana com crianças porto-riquenhas no Laboratório de Função Pulmonar e Exercício Dirigido do Centro Cardiovascular de Porto Rico, demonstrou que os medicamentos de longa duração protegem crianças em idade escolar da crise asmática induzida pelo exercício.

O uso deste tipo de medicamento permite que, a criança que o utiliza pela manhã, possa participar das aulas de Educação Física e de outros esportes ou atividades durante o dia sem sofrerem os riscos de uma crise aguda de asma.

Caso haja necessidade, um médico irá prescrever medicamentos para prevenir as crises de asma.

Se, durante treinos físicos ou jogos coletivos, ficar evidente que algum dos praticantes ou atletas têm dificuldade em respirar, recomende uma consulta à um pneumologista para uma avaliação que inclua testes físicos de intensidade similar às praticadas.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

Aos índios



Ah, se pudéssemos

Perceber o quão óbvia seria

Ocultar todas nossas mazelas

Sob essas vermelhas terras frias

E, o que eles nos diriam?

Não sei bem ao certo

O correto era assumirmos nossa culpa

E revelarmos aos povos como fomos incorretos

Tomamos-lhes tudo:

Terras, matas, alma, cor, gestos e sons

Roubamos-lhes seus dons, suas identidades

Afirmamos-lhes nossa Doutrina, mostramos-lhes a Verdade

Peço desculpas em nome do homem branco

Nessa aldeia urbana não há Pajé, há sobrenatural incapacidade... Apaixonadamente, quem então lhes dá a cura?

Ensinam-lhes a caçar, a lutar e pescar; a lua e o sol reverenciar?

E, só para seu sustento, coletar e ajuntar?



*Dedicado aos verdadeiros donos dessa Terra

quarta-feira, 7 de abril de 2010

O caminho



Quem conhece o caminho?

O verdadeiro caminho

Será ele, profano?


Há nele, algo santíssimo, arcano?

Volte alma imunda, deixe-o para trás

E saibas: Por seus portais não passarás


Pois ele é o caminho dos escolhidos, portanto

... Dos loucos, dos amantes, dos poetas e dos errantes

Esses o chamam de “Caminho Santo”

E, confiantes seguem adiante



*Baseado em Isaías 35:8

Meus vídeos

Loading...